21.3.18

do desencontro

Ela estava atravessando a rua quando ele atravessou seu pensamento.
O sinal abriu, 
o taxi passou,
o tempo parou.
Ela ouviu um grito, ele chamava o seu nome.
Quem iria resgata-la ali, no meio daquela tarde,
naquela hora em que nunca se sabe o que fazer?
O sinal fechou, 
o dia nublou.
Ele chamou novamente mas ela não conseguiu responder.
Estava sozinha demais pra ouvir.

Nenhum comentário: